Vinhos para o Natal e Passagem de Ano 2011/2012



 O Natal e o Fim de Ano estão aí a chegar e não tarda nada começa-se a pensar nos vinhos que se irão beber e partilhar nesta quadra festiva. Costuma ser nesta altura que se abrem aqueles que se supõem ser os melhores vinhos que teremos lá por casa ou, então, se adquirem propositadamente para o efeito. Este ano levámos com a troika em cima pelo que haverá, com certeza, maior comedimento nas compras quer em quantidade quer no preço a pagar. No entanto, continuamos a ter bons vinhos a preços sensatos pelo que o Natal e o Fim de Ano não serão menos alegres por esse facto. À semelhança do ano transacto, deixem-me partilhar convosco algumas sugestões de vinhos para esta quadra festiva. Dividi-os em várias categorias, em função do ambiente político/sócio/económico em que vivemos. Em cada categoria escolhi vinhos tranquilos brancos e tintos, espumantes e generosos.




Assisti ao espectáculo do Mago Gaspar que tirou um Coelho da cartola e me fez emagrecer drasticamente a carteira:

Tintos
Adega de Pegões Syrah 2009 (Setúbal)
Aguião Vinhão 2010 (Verde)
Barco Negro 2008 (Douro)
Casal da Coelheira Reserva 2009 (Tejo)
Ciconia Reserva 2010 (Alentejo)
.Com 2010 (Alentejo)
Ladeira da Santa 2008 (Dão)
Lagar de Darei 2008 (Dão)
Lavradores de Feitoria 2009 (Douro)
Quinta das Camélias Reserva 2008 (Dão)
Quinta de Pancas Selecção do Enólogo 2008 (Lisboa)
Quinta Seara d’Ordens Colheita Seleccionada 2008 (Douro)

Brancos
Lagar de Darei 2010 (Dão)
Muros Antigos Escolha 2010 (Verde)
Planalto Reserva 2010 (Douro)
Prova Régia Premium 2010 (Bucelas)
Quinta do Escudial 2010 (Dão)
Versus Síria 2009 (Beiras)

Espumantes
Quinta das Bágeiras Bruto Natural 2008 Branco (Bairrada)
Quinta das Bágeiras Reserva 2009 Branco (Bairrada)

Generosos
Andressen Porto LBV 2005
Bacalhoa Moscatel de Setúbal 2005
Burmester Porto LBV 2006
José Maria da Fonseca Moscatel de Setúbal 2007
Malo Moscatel de Setúbal 2007
Thasos Moscatel de Setúbal 2008


Assisti ao espectáculo do Mago Gaspar mas, por sorte, não levava a carteira

Tintos
Altano Quinta de Ataíde Reserva 2008 (Douro)
Casa de Santar Reserva 2007 (Dão)
Domingos Damasceno Carvalho 2009 (Setúbal)
Dona Ermelinda Reserva 2009 (Setúbal)
Duorum 2009 (Douro)
Fiúza Premium 2008 (Tejo)
Ladeira da Santa Reserva 2009 (Dão)
Lobo Selecção Syrah Touriga Nacional 2008 (Setúbal)
Maquia 2008 (Douro)
Porta dos Cavaleiros Touriga Nacional Reserva 2008
Quinta das Baceladas 2007 (Bairrada)
Quinta da Cassa 2008 (Douro)
Quinta da Fronteira Reserva 2008 (Douro)
Quinta do Monte d'Oiro Lybra Syrah 2007 (Lisboa)
Quinta do Serrado Reserva 2007
Tinto da Talha Grande Escolha 2008 (Alentejo)
Vinha de Reis Reserva 2008 (Dão)

Brancos
Alvaianas Alvarinho 2010 (Verde)
Casa de Canhotos Alvarinho 2010 (Verde)
Casa da Ínsua Reserva 2009 (Dão)
Casa de Mouraz 2010 (Dão)
Lagar de Darei Grande Escolha 2010 (Dão)
Munda Encruzado 2009 (Dão)
Quinta de Alvaianas Alvarinho 2010 (Verde)
Quinta do Ameal Loureiro 2010 (Verde)
Quinta da Falorca 2010 (Dão)
Quinta das Hidrângeas 2009 (Douro)
Quinta do Pinto Viognier/Chardonnay 2008 (Lisboa)
Quinta de Saes Reserva 2010 (Dão)
Soalheiro Alvarinho 2010 (Verde)

Espumantes
Quinta de Baixo Branco 2007 (Bairrada)
Quinta do Boição Arinto Reserva Bruto 2007 (Lisboa)
Raposeira Blanc de Blancs Branco 2006 (Beiras)

Generosos
Bacalhoa Moscatel de Setúbal 1999
Niepoort Porto LBV 2007
Poças Porto LBV 2006
Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo Porto LBV 2006
Quinta do Vale D. Maria Porto LBV 2007
Sandeman Porto LBV 2007
Vista Alegre Porto LBV 2005


Quem é o Mago Gaspar?

Tintos
Dona Maria Petit Verdot 2008 (Alentejo)
Grandes Quintas Reserva 2008 (Douro)
Passagem 2008 (Douro)
Quanta Terra Grande Reserva 2008 (Douro)
Quinta das Bágeiras Garrafeira 2005 Tinto (Bairrada)
Quinta das Bágeiras Garrafeira 2004 Tinto (Bairrada)
Quinta de Baixo Grande Escolha 2005 (Bairrada)
Sidónio de Sousa Garrafeira 2005 (Bairrada)
Vallegre Vinhas Velhas Reserva Especial 2007 (Douro)
Vinha Paz Reserva 2008 (Dão)

Brancos
Bétula 2010 (Douro)
Campolargo Bical 2009 (Bairrada)
Chocapalha Reserva 2008 (Lisboa)
Dona Berta Vinha Centenária Reserva 2009 (Douro)
Júlia Kemper 2010 (Dão)
Muros de Melgaço Alvarinho 2010 (Verde)
Quinta das Bágeiras Garrafeira 2009 (Bairrada)
Quinta dos Carvalhais Encruzado 2009 (Dão)
Soalheiro Primeiras Vinhas 2009 (Verde)
Vértice 2009 (Douro)

Espumantes
Murganheira Velha Reserva Bruto 2004 (Beiras)
Quinta das Bágeiras Grande Reserva Bruto Natural 2003 (Bairrada)
Soalheiro Alvarinho Bruto 2009 (Verde)
Vértice Millésime Bruto 2005 (Douro)

Generosos
Bacalhoa Moscatel Roxo 2000
José Maria da Fonseca Colecção Privada Moscatel Roxo 1999
Quinta do Noval Porto LBV Unfiltered 2005
Warre Porto LBV 2001
Warre Otima Porto 10 Anos


Sou um dos patrocinadores do espectáculo do Mago Gaspar

Tintos
Batuta 2009 (Douro)
Blog 2009 (Alentejo)
Doda 2008 (Dão/Douro)
Duas Quintas Reserva 2008 (Douro)
Quinta do Monte d’Oiro Ex Aequo 2008 (Lisboa)
Quinta do Mouro Rótulo Dourado 2007 (Alentejo)
Herdade do Peso Ícone 2007 (Alentejo)
Júlio B. Bastos 2007 (Alentejo)
Mouchão Tonel 3-4 2005 (Alentejo)
Omlet 2008 (Douro)
Paço dos Cunhas de Santar Vinha do Contador 2007 (Dão)
Pape 2008 (Dão)
Passadouro Reserva 2009 (Douro)
Pintas 2009 (Douro)
Poeira 2009 (Douro)
Quinta da Manoella Vinhas Velhas 2009 (Douro)
Quinta do Monte d’Oiro Reserva 2007 (Lisboa)
Quinta do Noval 2008 (Douro)
Quinta do Ribeirinho Pé Franco 2009 (Bairrada)
Quinta dos Roques Reserva 2007 (Dão)
Quinta dos Roques Touriga Nacional 2007 (Dão)
Quinta do Vale Meão 2009 (Douro)
Quinta do Vesúvio 2009 (Douro)
Quinta da Viçosa 2009 (Alentejo)
Robustos 2007 (Douro)
Scala Coeli 2009 (Alentejo)
Três Bagos Grande Escolha 2008 (Douro)
Ultreia 2007 (Douro)
Vinha Barrosa 2009 (Bairrada)

Brancos
Anselmo Mendes Alvarinho Curtimenta 2009 (Verde)
Condessa de Santar 2010 (Dão)
Morgadio da Calçada Reserva 2010 (Douro)
Primus 2010 (Dão)
Soalheiro Reserva 2009 (Verde)

Espumantes
Murganheira Cuvée Reserva Especial Bruto 2002 (Beiras)
Murganheira Chardonnay Bruto 2006 (Beiras)
Murganheira Millésime Bruto 2005 (Beiras)

Generosos
Alambre Moscatel de Setúbal 20 Anos
Bastardinho de Azeitão 30 Anos
Burmester Porto Tawny 40 Anos Branco
Fonseca Porto Vintage 2009
Fonseca Porto Tawny 40 Anos
Fonseca Guimaraens Porto Vintage 2008
Scion Porto
Henriques & Henriques Terrantez Madeira 20 Anos


À vossa saúde e boas festas!

5 comentários:

  1. Caro, obrigado pelas excelentes sugestões e pelo bom humor. Provavelmente conseguiremos beber alguns desses vinhos mas com o Bom Gaspar.
    Um abraço, João Valente

    ResponderEliminar
  2. Isso. Creio que com o Bom Gaspar não teremos de nos preocupar já que o coelho que ele poder apresentar virá, com certeza, em minusculas e directamente da horta...

    ResponderEliminar
  3. Caríssimos, assinalando a minha abertura urbi et orbi (informaticamente falando), tenho a dizer que caso algum coelho dê uns passos na minha horta vai ser corrido (e comido) a chumbo contrariamente ao OE!
    Aquilo ali não se chama Casal da Coelheira (2009). É um ponto de Passagem (2008) com um Campolargo (2009) delimitado por Muros Antigos (2010).
    Assim sendo, para que continue a ter uma Vista Alegre (LBV 2005) sobre a minha horta, é bom que a canalha vá para outras paragens com muita coisa para comer como o Mouchão (Tonel 3-4 2005) de Alhandra. Caso contrário, o que lhes digo é que os roedores passarão a fazer parte da minha dieta, eventualmente a acompanhar uma Omlet (2008) ou um arrozinho de cabidela. Se assim for aqui te darei conta no Blog (2008).
    Abraço e obrigado pelas sugestões!

    ResponderEliminar
  4. Grande Pintas (2009) de prosa, .Com (2010) muito estilo… Mais um bocado e fazia-la em Versus (Síria 2009). Falando tanto em campo e coelhos, quase parece conversa de Lavradores (de Feitoria 2009) ou caçadores… Nos tempos que correm ainda fazias uma boa Maquia (2008) na venda dos roedores que resultassem da Cassa (2008; com o novo acordo ortográfico poucos notarão a diferença se escrever com ç ou ss…). Tem é cuidado para não saíres da tua delimitação cinegética e Primus (2010) o gatilho na Quinta de Baixo (Grande Escolha 2005) pois a vizinhança poderá não gostar. Ainda apanhas com um tipo Robustos (2007) e Saes (Reserva 2010) de lá com um Duorum (2009) negro (vou levar-te comigo,…vou levar-te comigo,…). Ou, quiçá, do Malo (Moscatel 2007) o menos, talvez te apareça a Dona Maria (Petit Verdot 2008) e, depois de assentar um pouco a Poeira (2009), Poças (LBV 2006; ibidem sobre o acordo ortográfico) com ela passar um dia Soalheiro (2010) de Pape (2008) para o ar…

    ResponderEliminar
  5. E ainda dizem que o vinho não faz bem ao espírito...

    ResponderEliminar