quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Fiúza Touriga Nacional 2015 Tinto


Tejo

 
Touriga Nacional
 
13,5 %
 
100% aglomerado, molhada apenas na base


4,29 € (Jumbo)

Cor média-escura. Aroma de intensidade média, fiel à casta, floral, com algum pendor vegetal, fruta a fazer lembrar ameixa madura, num conjunto agradável. Corpo mediano/ligeiro, paladar frutado, taninos suaves, bom equilíbrio sucroso/ácido, termina com persistência média com afloramentos de cacau. Vinho pacífico, agradável, focado, com companheiro de mesa.
Junho 2017
 
Companheiro
 
-



domingo, 19 de novembro de 2017

Vinhas de Pegões Verdelho 2016 Branco



Setúbal


Verdelho

12,5 %

Natural, algo fissurada, molhada apenas na base

2,49 € (Pingo Doce; Preço promocional)

Cor citrina. Aroma intenso (talvez demasiado), doce, com notas florais e fruta tropical. Gorduroso na boca, com acidez q.b., percepção de doçura elevada e final curto. PVP normal na prateleira a 4,99 €. Parece-me um vinho um pouco elaborado, tecnológico, com percepção de doçura elevada, unidireccional e de difícil conjugação à mesa. Na dúvida, experimente-o como aperitivo.
Junho 2017
 
Correcto
 
-

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Couteiro Mor Signature 2014 Tinto



Alentejo

 
Syrah, Petit Verdot, Alicante Bouschet, Aragonês
 
14 %
 
Natural, colmatada, molhada apenas na base


4,77 € (Continente; Preço promocional)

Média intensidade de cor. Aroma intenso, pirazínico, fósforo, fumados e fruta em segundo plano. Na boca mostrou-se com corpo mediano, não enche totalmente a boca, ficando um pouco acima da língua, sente-se um pouco mais a fruta que no aroma de nariz, taninos presentes a conferirem secura evidente, termina com persistência média e com notas amargas de cacau. PVP normal na prateleira a 15,90 €. Trata-se de um vinho com perfil algo estranho, relativamente carecido de percepção de fruta para um vinho de colheita recente, e a um preço dito “normal” desajustado. Companhia à mesa para pratos mais fortes.
Junho 2017
 
Companheiro
 
-

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Roquevale Branco de Curtimenta 2015 Branco



Alentejo
Fernão Pires, Roupeiro, Arinto
12,5 %
Técnica 1:1, molhada apenas na base
4,87 € (Continente; Preço promocional)
Trata-se, como o nome indica, de um vinho vinificado como se de um tinto se tratasse. Apresenta-se, como espectável, com uma cor mais carregada, acompanhada de uma ligeira turvação. O aroma, de média intensidade, lembra notas oxidativas, marmelo e folhas secas. Na boca revelou-se com outra característica típica destes vinhos que é a sensação de gordura e a percepção tânica, acompanhada por uma acidez que se revela mais para o final, o que lhe dá alguma vivacidade, acompanhada por ligeira adstringência. PVP normal na prateleira a 6,50 €. Trata-se de um branco que não é para todas as bocas. Primeiro estranha-se mas depois tem tendência a entranhar-se, caso se percebam todas as nuances. Neste aspecto, é um vinho extremamente didáctico que merece ser conhecido.
Maio 2017
 
Cordial
 
_