Terra d'Alter Alicante Bouschet 2008 (Alentejo)

Região: Alentejo
Produtor: Terras de Alter
Castas: Alicante Bouschet
Custo: € 6,00 (Revista de Vinhos)
Álcool: 14,5 %
Vertido na folha: Escuro mas não opaco. Aroma algo austero, pouco falador mas onde se descortina fruta preta, fumados, tostados e cacau. Boca afirmativa, inquieta, a fruta acompanha toda a prova acompanhada de toques vegetais e muito chocolate preto no final.
Rolha: Natural, bom estado, apenas molhada na base
Consumido: Março 2012
Apreciação: Cordial

Paço dos Cunhas de Santar Vinha do Contador 2008 (Branco)

Região: Dão 
Produtor: Dão Sul 
Castas: Malvasia Fina, Cerceal, Encruzado 
Custo: € 12,90 (Jumbo)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Cor citrina, cristalina com ligeiros tons dourados. Aroma muito complexo e profundo, mineral, especiado, notas de marmelo e finura e equilíbrio incríveis. Na boca é encorpado, com toque aveludado, voluptuoso e insinuante, com interminável prolongamento. Vinho de prazer garantido com garrafa a condizer e rótulo com extrema sobriedade e bom gosto. Continua em excelente forma depois da última prova. Servido com uma empada de perú com castanhas, acompanhada com maçã bravo-esmolfe e espargos verdes.
Rolha: Natural, bom estado, apenas molhada na base
Consumido: Março 2012
Apreciação: Conversador

Muros Antigos Alvarinho 2010 (Branco)

Região: Verde
Produtor: Anselmo Mendes Vinhos, Lda
Castas: Alvarinho
Custo: € 6,00 (Produtor)
Álcool: 13,5 % 
Vertido na folha: Cor citrina. Aroma frutado, com notas tropicais mas não excessivas e mineralidade. Boca muito fresca e ampla, saborosa e de boa estrutura, despede-se com bom comprimento. Prazer à mesa garantido e boa compra desde que consiga comprá-lo ao preço que me custou.
Rolha: Natural, bom estado, apenas molhada na base
Consumido: Março 2012
Apreciação: Cordial

Scala Coeli 2007 (Tinto)

Região: Alentejo 
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Castas: Touriga Nacional
Custo: € 31,64 (Produtor)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Escuro mas não opaco. Aroma sóbrio, especiado com as notas florais a surgirem na segunda vaga aromática. Encorpado na boca, passeiam-se notas amargas, taninos com nervo, fundo fresco e saboroso. O final é longo e intenso com leves aflorações de baunilha e bastante cacau. Continua com potencial para evoluir favoravelmente em garrafa. Para o preço que custa, as espectativas são sempre um pouco maiores... 
Rolha: Natural, bom estado, apenas molhada na base.
Consumido:
Março 2012
Apreciação:
Com Alma

Summer Wine Market 2012 (by Adegga)

O quê: Prova de vinhos em ambiente informal com os produtores e enólogos. Pode-se escolher e adquirir os vinhos em prova. 
Quando: 16 de Junho 2012
Onde: Hotel Tivoli (Av. Liberdade, Lisboa)
Hora: 17-23:00h 
Preço: € 10 (inclui copo) 
Promotor: Portal Adegga
Mais informações: Aqui

Croft Quinta da Roeda Vintage 2008 (Porto)

Região: Porto
Produtor: Quinta and Vineyard Bottlers
Castas: n/d
Custo: € 27,95 (Produtor) 
Álcool: 20,5 % 
Vertido na folha: Escuro, muito denso. Aroma fresco e complexo, com fruta doce, algum químico e cacau. Encorpado na boca, muito fresco e amplo com toques apimentados equilibrados com a doçura da fruta silvestre e taninos fortes. Final muito longo. Vinho com algum "punch", impetuoso e de respeito. Por um lado, é uma pena ser bebido nesta fase, a roçar a pedofilia vínica. Por outro, sabe bem sentir um vinho com esta boa dose de vigor... Aprecie-se com queijo azul (acompanhei-o com o dito e a combinação foi excelente).
Rolha: Natural, longa, bom estado, apenas molhada na base
Consumido: Março 2012
Apreciação: Com Alma

Concours Mondial Bruxelles 2012 | Concurso Mundial de Bruxelas 2012



Já sairam os resultados do concurso mundial de vinhos 2012 que este ano se realizou em Portugal. Mais de 8000 vinhos à prova de 50 países. Os vinhos lusos obtiveram 297 medalhas, distribuídas desta forma:


As Grandes Medalhas de Ouro foram apenas para tintos e de duas regiões: Alentejo (6) e Tejo (4)! Por produtores, destaque para a Herdade das Servas (2) e a Quinta da Alorna (2). Destaque ainda para o preço relativamente baixo de vários dos vinhos premiados com as grandes medalhas de ouro. Concursos...

Das mais de 2000 medalhas distribuídas, a França liderou e Portugal conseguiu um lugar no pódio:

França: 670
Espanha: 461
Portugal: 297
Itália: 257
Chile: 160
África do Sul: 98
Suiça: 65
Austrália: 57


Marquês de Borba 2010 (Tinto)

Região: Alentejo 
Produtor:
João Portugal Ramos 
Castas: Aragonez, Trincadeira, Alicante Bouschet, Cabernet Sauvignon
Custo: € 3,67 (Continente; preço promorcional)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Média intensidade de cor. Aroma dominado pela fruta muito madura, notas adocicadas e alguns vegetais. Na boca, sabe a alentejo de planície, franco, redondinho mas ainda assim com alguma garra. No fundo, tem um perfil para agrado geral.
Rolha: Natural, bom estado, apenas molhada na base.
Consumido:
Março 2012
Apreciação:
Companheiro

Quinta do Pinto Viognier 2008 (Branco)


Região: Lisboa
Produtor
: Quinta do Pinto
Castas: Viognier 
Custo: € 7,50 (Adegga Wine Market)
Álcool: 13,5 % 
Vertido na folha: Amarelo carregado. Aroma não muito exuberante, com domínio da fruta em versão compotada, evidenciando-se o marmelo, e com notas vegetais a compor o ramalhete. Na boca mostra-se gordo mas fresco, com boa amplitude e envolvência em que os sabores marmelados marcam presença. O final é muito saboroso e de grande persistência. Gostei bastante.
Rolha: Natural, bom estado, molhada apenas na base
Consumido: Março 2012 
Apreciação: Com Alma

Esporão Reserva 2009 (Branco)

Região: Alentejo 
Produtor: Herdade do Esporão
Castas: Antão Vaz, Arinto, Roupeiro
Custo: € 5,98 (Continente; Preço promocional)
Álcool: 14,5%
Vertido na folha: Um ano depois da última prova, as diferenças fazem-se sentir. Agora, apresenta-se com cor mais carregada, em tons de amarelo dourado. O aroma já deriva mais para a fruta cozida, compotados, lembrando-me principalmente o marmelo, acompanhado pela barrica. A boca apresenta-se encorpada, densa, mantendo o perfil untoso que o caracterizava há um ano atrás. O final é persistente. É para o outono/inverno.
Rolha: natural, compacta, apenas molhada na base
Consumido: Março 2012
Apreciação: Cordial

São Miguel Touriga Franca 2009 (Tinto)

 
Região: Alentejo
Castas: Touriga Franca
Custo: € 7,99 (Garrafeiras Why Not)
Álcool: 14 % 
Vertido na folha: Extreme de Touriga Franca. Já não é virgem no Sul do país. Touriga Franca a emergir nestas regiões? Este apresentou-se com cor relativamente carregada. Bom aroma, jovem, com fruta escura, balsâmico, notas adocicadas. Entrada de boca com frescura mentolada, bom corpo, alguma (boa) irrequietude, bons taninos e final onde se revelam as notas de barrica bem acompanhadas por uma dose generosa de chocolate preto. Vinho guloso.
Rolha: Natural, curta, bom estado, apenas molhada na base
Consumido: Fevereiro 2012 
Apreciação: Cordial

Rapariga da Quinta Colheita Seleccionada 2009 (Tinto)

Região: Alentejo
Produtor: Luís Duarte Vinhos
Castas: Aragonez, trincadeira, Touriga Nacional
Custo: € 3,74 (Continente; preço promocional)
Álcool: 14 %
Vertido na folha: Média intensidade de cor. Algo circunspecto de início, revela fruta contida, vegetais e alguma pólvora. A boca é dominada por boas notas amargas, sente-se a barrica e a fruta mantém-se ainda pouco faladora. Ao longo da prova a fruta revela-se mais, sente-se uma boa frescura e o perfil gastronómico fica evidenciado. Final de boca com bom equilíbrio entre a fruta e as notas abaunilhadas. Primeiro estranha-se, depois entranha-se.
Rolha: Técnica, bom estado, molhada apenas na base
Consumido: Fevereiro 2012
Apreciação: Companheiro