Quinta do Cerrado TN/TR 2007 (Tinto)

Região: Dão
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz
Custo: € 4,25 (El Corte Inglés)
Álcool: 13%
Vertido na folha: Boa intensidade de cor, rebordo violáceo. Nariz com aromas frutados e alguma austeridade. Com arejamento surgem algumas notas florais. Boca de médio porte, acidez gastronómica, algum toque adocicado, termina médio com alguma garra e afloramentos de baunilha.
Rolha: Natural, colmatada, bom estado, apenas molhada na base
Consumido: Outubro 2011
Apreciação: Companheiro

Adegga Wine Market 2011

O quê: Prova de vinhos em ambiente informal com os produtores e enólogos. Pode-se escolher e adquirir os vinhos em prova. 
Quando: 1 de Dezembro 20101
Onde: Teatro Aberto (Lisboa)
Hora: 14-21:00h 
Preço: € 7.50 (inclui copo) 
Promotor: Portal Adegga
Mais informações: Aqui

Solar dos Lobos 2010 (Branco)

Região: Alentejo
Produtor: Silveira e Outro Lda
Castas: Chardonnay, Sauvignon Blanc, Arinto, Antão Vaz
Custo: € 2,99 (Continente; preço promocional)
Álcool: 13%  
Vertido na folha: Aspecto citrino, límpido. As notas verdes parecem dominar num primeiro impacto olfactivo para depois surgirem notas mais cítricas. O vinho apresenta-se com alguma untuosidade na boca, acidez q.b. e final médio com algum pendor quente no final. Precisa de ser bebido bem fresco para melhor expressão de todas as componentes. O mês quente de Outubro ainda permitiu tê-lo como bom companheiro à mesa.
Rolha: Técnica 1+1, bom estado, apenas molhada na base
Consumido: Outubro 2011
Apreciação: Companheiro

Herdade do Peso 2008 (Tinto)

Região: Alentejo
Produtor: Sogrape
Castas: Aragonês, Alfrocheiro, Alicante Bouschet
Custo: € 4,49 (Continente; preço promocional)
Álcool: 14,5%
Vertido na folha: Escuro com rebordo violáceo, denso. Nariz muito interessante com muita fruta preta, especiarias e algum bosque que vou buscar aos vinhos do Dão. Na boca é macio, redondo, mas com outra vivacidade e garra que o distinguem de outros alentejanos da mesma gama. Termina com bom comprimento. Boa relação qualidade/preço.
Rolha: Natural, bom estado, apenas molhada na base
Consumido: Outubro 2011
Apreciação: Cordial

Messias LBV 2005 (Porto)

Região: Porto
Produtor: Caves Messias
Castas: n/d
Custo: € 8,75 (Garrafeiras Why Not, Albufeira)
Álcool: 19,5% 
Vertido na folha: Cor aberta já com tons acastanhados. Aromas que denotam mais idade que a que possui, licorados, fruta escondida. Boca simples, redonda, sem complicações mas também sem atributos de registo, é para beber e não pensar muito no assunto. Beba-se já e não se espere mais pelo/do Messias.
Rolha: Natural, curta, algo fissurada, apenas molhada na base
Consumido: Outubro 2011 
Apreciação: Correcto

Bétula 2010 (Branco)

Região: Douro
Produtor: Catarina Montenegro
Castas: Viognier, Sauvignon Blanc
Custo: Enviado pela produtora 
Álcool: 12,5% 
Vertido na folha: Tonalidade citrina. Nariz fresco com notas cítricas e frutos tropicais equilibrados com boas notas vegetais. Na boca apresentou-se com boa amplitude e estrutura, num registo suave e aveludado com uns toques de madeira no final de bom comprimento e sabores prazenteiros. Apenas 12,5% de álcool, o que demonstra que não são necessários teores alcoólicos elevados para que um vinho nos dê bastante prazer a beber. Qualidade na linha da colheita de 2009. Um vinho na casa dos 12-13 €, que foi gentilmente cedido pela produtora.
Rolha: Natural, bom estado, molhada apenas na base
Consumido: Outubro 2011
Apreciação: Com alma

Porto e Douro Wine Show 2011

O quê: Prova de vinhos, demonstrações culinárias, palestras, sessões de cozinha, harmonizações. Moda da Fátima Lopes, chefes de cozinha e especialistas incluídos.
Quando: 26-27 de Novembro 2011 
Hora: 26/11 (15-21h); 27/11 (15-20h)
Preço: € 5,00 (copo incluído)
Mais informações: Aqui

Baton 2008 (Tinto)

Região: Douro
Produtor: Terroir d'Origem
Castas: Touriga Nacional, tinta Roriz, Tinta Barroca, Tinta Francisca
Custo: € 13,98 (Pingo Doce)
Álcool: 14,5%
Vertido na folha: Muito escuro, rebordo violeta. Nariz entusiasmante com perfume floral, muita fruta silvestre, especiado, notas vegetais, tudo com grande complexidade. Entrada de boca com estilo, grande frescura, envolvente, saboroso, cheio, elegante e especiado, termina longo com notas fumadas e num binómio garra/delicadeza que merece destaque. Experimente com queijo da Ilha da Graciosa com cura de 9 meses. "O meu Baton teve esse dom de saber assim; O meu Baton água na boca chama por si..."
Rolha: Natural, bom estado, apenas molhada na base
Consumido: Setembro 2011
Apreciação: Com Alma

Casa de Mouraz 2008 (Branco)

Região: Dão
Castas: Malvasia Fina, Cerceal, Encruzado, Bical
Custo: € 6,75 (El Corte Inglés)
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Amarelo com nuances douradas. No nariz aparecem-nos aromas típicos de vinho com alguma evolução. No caso presente, sobressaem as notas de fruta cozida (marmelo). Boca elegante, com alguma untuosidade, agradável e final de bom comprimento. Mais um pouco de acidez alegraria o conjunto.
Rolha: Natural, curta, zona preferencial de progressão do vinho, quase a chegar ao topo
Consumido: Setembro 2011
Apreciação: Companheiro

Casa de Canhotos Alvarinho 2010 (Branco)

Região: Verde
Produtor: Casa de Canhotos
Castas: Alvarinho
Custo: € 7,22 (Solar do Alvarinho) 
Álcool: 13,5% 
Vertido na folha: Cor citrina. Aroma expressivo, agradável, com notas cítricas, pêssego e afloramentos vegetais. Entrada aveludada na boca, desenvolve frescura cítrica, termina em crescendo e com delicadeza. Equilíbrio e prazer num vinho às direitas em Casa de Canhotos...
Rolha: Natural, colmatada, bom estado, apenas molhada na base
Consumido: Setembro 2011 
Apreciação: Cordial