domingo, 29 de Maio de 2011

Venâncio da Costa Lima Edição Limitada 2007 (Moscatel de Setúbal)

Região: Moscatel de Setúbal
Produtor: Venâncio da Costa Lima
Castas: Moscatel de Setúbal
Custo: € 7,45 (Continente; 50 cL) 
Álcool: 17%
Vertido na folha: Âmbar, ligeiramente avermelhado. O contra-rótulo é fiel ao conteúdo. Lá estão as notas de flor de laranjeira e muito mel, essencialmente. A boca é o prolongamento do nariz, continuando o perfil melado, notas de laranja cristalizada e uma acidez q.b. que alegra o conjunto. Atenção à temperatura. Por mim, prefiro bebê-lo no limite inferior da temperatura recomendada (12 ºC) ou ligeiramente inferior. Mais que isso pode tornar-se enjoativo para algumas bocas. A garrafa não apresenta ano de colheita. O ano indicado foi informação do produtor. 
Rolha: Encapsulada (plástico), bom estado 
Consumido: Abril 2011 
Apreciação: Cordial

quinta-feira, 26 de Maio de 2011

Poças LBV 2005 (Porto)

Região: Porto
Produtor: Manoel D. Poças Júnior
Castas: n/d
Custo: € 10,52 (Adegga Wine Market 2010) 
Álcool: 20% 
Vertido na folha: Escuro, rebordo ligeiramente acastanhado. Nariz medianamente expressivo com especiarias e fruta vermelha madura. Na boca apresenta-se na forma de um bombom fresco, com boa amplitude e nervo. O final é longo e saboroso com diálogo amargo/doce.
Rolha: Natural, bom estado, molhada apenas na base
Consumido: Abril 2011
Apreciação: Cordial

segunda-feira, 23 de Maio de 2011

Monte das Servas Colheita Seleccionada 2009 (Branco)

Região: Alentejo
Produtor: Herdade das Servas
Castas: Roupeiro, Verdelho, Arinto, Antão Vaz
Custo: € 6,90 (Produtor)
Álcool: 14,5%
Vertido na folha: Cor citrina, ligeiramente dourada. Boa frescura aromática com fruto cítrico, tropical q.b. e ligeiras notas meladas. A boca prolonga o nariz, notando-se uma boa amplitude e complexidade terminado com bom comprimento. Atenção à temperatura de consumo pois o álcool abunda e uma temperatura acima do desejável pode deitar tudo a perder... O rótulo apresenta uma gralha neste domínio, indicando uma temperatura de serviço 16/18 ºC, típica de vinhos tintos. 
Rolha: Natural, aparentemente colmatada, bom estado, apenas molhada na base 
Consumido: Abril 2011 
Apreciação: Cordial

sexta-feira, 20 de Maio de 2011

Adega Cooperativa de Palmela Moscatel de Setúbal 1981

Região: Moscatel de Setúbal
Produtor: Ad. Coop. Palmela
Castas: Moscatel de Setúbal
Custo: € 12,00 (Continente) 
Álcool: 18%
Vertido na folha: Cor caramelizada com rebordo esverdeado, denso. O nariz apela a frutos secos, notas meladas, caramelo e alguma casca de laranja em fundo. Boca de porte médio, perfil algo seco, alguma amargura e final relativamente curto. 
Rolha: Encapsulada (plástico), bom estado 
Consumido: Abril 2011 
Apreciação: Correcto

terça-feira, 17 de Maio de 2011

Tasca do Joel (Quinta do Monte d'Oiro) 2007 (Tinto)

Região: Lisboa
Produtor: Quinta do Monte d'Oiro
Castas: Tinta Roriz, Touriga Nacional
Custo: €7,50 (Tasca do Joell)
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Cor com ligeira evolução, rubi-acastanhado. Fruta, notas vegetais e alguma especiaria no nariz. A boca acompanha o nariz, o corpo é médio, suave mas com boa acidez e garra no final. com boa persistência. Muito gastronómico. 
Rolha: Natural, bom estado, apenas molhada na base
Consumido: Abril 2011
Apreciação: Cordial

sábado, 14 de Maio de 2011

Quinta da Alorna Touriga Nacional & Cabernet Sauvignon Reserva 2008 (Tinto)

Região: Tejo
Produtor: Quinta da Alorna
Castas: Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon
Custo: € 5,49 (Jumbo)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Vermelho-rubi intenso com rebordo violáceo. Fruto silvestre em abundância no nariz, devidamente acompanhado com o tostado da barrica e algum floral. A boca é quente, suave, especiada, sente-se um retonasal de baunilha e a acidez equilibra o conjunto que termina médio-longo com ligeiros fumados. Um vinho de agrado geral e bem proporcionado, na linha da colheita de 2007. Na minha opinião, o 2007 cativou-me um pouco mais.
Rolha: Natural, bom estado, molhada apenas na base
Consumido: Abril 2011 
Apreciação: Cordial

quinta-feira, 12 de Maio de 2011

Bétula 2009 (Branco)

Região: Douro
Produtor: Catarina Montenegro
Castas: Viognier, Sauvignon Blanc
Custo: € 12-15 (Enviado pela Produtora)
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Amarelo-citrino, cristalino. Aroma muito intenso a fruta branca, citinos, notas vegetais (espargos?) e fumadas (fósforo), equilibrado e complexo. Entra fino na boca, desenvolve rapidamente, tornando-a cheia, mineral, com acidez marcante e muita garra. O final é longo e vivo onde se manifestam notas especiadas de barrica. Acompanhou (e bem) um sushi fingido de salmão. Destes vale a pena beber muito... Pena que os custos de produção não permitam puxar um pouco para baixo o preço final do vinho. A qualidade paga-se... O meu agradecimento à produtora pelo envio do vinho para prova, que ainda não conhecia. Para os mais interessados, eis a ficha técnica que acompanhou o vinho enviado.
Rolha: Natural, bom estado, molhada apenas na base
Consumido: Abril 2011
Apreciação: Com alma

quarta-feira, 11 de Maio de 2011

Curva Reserva 2009 (Branco)

Região: Douro
Produtor: Sogevinus
Castas: Viosinho, Fernão Pires
Custo: € 7,98 (Jumbo)
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Amarelo-palha límpido. Nariz equilibrado com fruto cítrico, mineral e tosta. Boca relativamente gorda, com boa estrutura, doce ligeiro que é contrabalançado pela boa acidez que o torna fresco e muito aprazível. Termina com garra e bastante persistência. Um branco que me deu prazer beber.
Rolha: Natural, bom estado, molhada apenas na base
Consumido: Abril 2011 
Apreciação: Com alma

terça-feira, 10 de Maio de 2011

Um ano por cá

Caros visitantes:

O Vinho em Folha faz 1 ano.
Assinalo esta data dizendo apenas que tem sido um prazer compartilhar por aqui os humores do (e sobre) vinho vertidos em folha de papel. Quando iniciei este percurso estava longe de imaginar que 1 ano depois tinha tido mais de 11000 visitas… Foram muito e bons os vinhos compartilhados e poucas as desilusões. Isto demonstra que os produtores dos vinhos apreciados estão no bom caminho. Recomendo vivamente que ofereçam o seu produto aos nossos políticos. Como disse um dia Charles de Mostequieu, "Dai-lhes bons vinhos e eles vos darão boas leis"…
Foram quase 250 mensagens e outras informações que, espero, tenham despertado algum interesse e sido úteis a quem me visitou. Da minha parte vou continuar este percurso porque "com o vinho se alimentam as forças, o sangue e o calor dos homens" (Plínio, o Velho) desejando, contudo, que a troika não faça acabar o papel tão depressa…

Saudações enófilas!

domingo, 8 de Maio de 2011

Outono de Santar Vindima Tardia 2005 (Colheita Tardia)

Região: Dão
Produtor: Dão Sul
Castas: Encruzado
Custo: € 8,80 (50 cL; Continente; Preço promocional)
Álcool: 12%
Vertido na folha: Amarelo-dourado, levemente alaranjado. Notas de fruto seco no nariz (avelã), passa de uva e algum vinagrinho que, no meu caso, me perturba a prova, parecendo-me um pouco excessivo. Um pouco melhor na boca, sentem-se os citrinos da casca de laranja e algum mel num corpo mediano. É um vinho com um perfil mais seco que o comum dos Colheita Tardia. Não sou um grande apreciador destes vinhos (talvez porque ainda não me passou um grande Colheita Tardia pelo estreito) mas há algo neste vinho que não me agrada de sobremaneira... E não fui o único com esta opinião. Dei-o a provar a várias pessoas e a opinião foi relativamente unânime.
Rolha: Natural, bom estado, apenas molhada na base
Consumido: Março 2011
Apreciação: Correcto

quinta-feira, 5 de Maio de 2011

Niepoort Secundum Vintage 1999 (Porto)

Região: Porto
Produtor: Niepoort Vinhos
Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinta Amarela, Touriga Nacional, outras
Custo: € 22,00 (Fumos & Mitos)
Álcool: 20,5%
Vertido na folha: Rubi-acastanhado. Nariz inundado por frutos secos, aroma penetrante. Entrada de boca com pés de lã, abre rapidamente, enche a boca com algum impacto, doçura e robustez. Despede-se longamente com notas fumadas. Muito boa prova num ano que não foi muito famoso, em termos gerais, para Porto.
Rolha: Praticamente toda molhada por vinho e algo seca
Consumido: Março 2011
Apreciação: Com Alma